Reduz a Progressão de Anormalidades na Articulação do Joelho

Osteoartrite

Relação com a Deficiência de Vitamina D

Suplementação a Longo Prazo de Vitamina D
A osteoartrite (OA) é a forma mais comum de artrite e uma das principais causas de incapacidade em todo o mundo, afetando aproximadamente 10% da população mundial. Embora a OA possa ocorrer em quase qualquer articulação, a OA de joelho é o tipo mais comum.
Um dos sintomas mais comuns da OA é a dor, que leva o indivíduo a procurar atendimento médico, além de contribuir para as limitações funcionais e redução da qualidade de vida (SHEP; KHANWELKAR; GADE; KARAD, 2020).

Deficiência de Vitamina D na Osteoartrite

Evidências sobre a Deficiência de Vitamina D na Osteoartrite

  • Um estudo demonstrou que 24% dos pacientes com OA avançada (e próxima TKR) eram deficientes em vitamina D;
  • Estudos epidemiológicos anteriores relataram que a deficiência de vitamina D estava associada a dor musculoesquelética crônica e depressão, mas os mecanismos subjacentes eram complexos e pouco claros (JOSEPH; MCCULLOCH; NEVITT; NEUMANN et al., 2020; TU; ZHENG; CICUTTINI; JIN et al., 2020).

Estudo Comprova

Suplementação de Vitamina D Reduz a Progressão de Anormalidades da Articulação do Joelho

Esse estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da vitamina C e D nas imagens de ressonância magnética (RM), medidas de composição da cartilagem (T2) e estrutura articular (cartilagem, menisco e medula óssea), usando dados da Osteoarthritis Initiative (OAI) coorte (JOSEPH; MCCULLOCH; NEVITT; NEUMANN et al., 2020).

Para isso, 1.785 indivíduos com graus de 0-3 nas radiografias Kellgren/Lawrence de joelho direito foram selecionados para receberem:
Grupo 1
Vitamina D em diferentes doses
Grupo 2
Vitamina C em diferentes doses
  • O protocolo de análise de imagem RM incluiu a quantificação de T2 da cartilagem 3T e classificações semiquantitativas da morfologia da articulação (Whole-Organ Magnetic Resonance Imaging Score [WORMS]) no início do estudo e 4 anos;
  • A regressão linear foi usada para avaliar a associação entre a ingestão padronizada de vitamina da linha de base e os escores de WORMS da linha de base e os valores de T2 da cartilagem padronizados.

Resultados:

  • A maior ingestão de vitamina C foi associada a valores médios de T2 da cartilagem, valores de T2 da tíbia medial e pontuações de WORMS da tíbia medial (intervalo de coeficiente padronizado -0,07 a -0,05);
  • A maior ingestão de vitamina D foi associada a uma menor pontuação de WORMS total da cartilagem e pontuação de WORMS do fêmur medial (intervalo de coeficiente padronizado -0,24 a -0,09);
  • O uso consistente de suplementos de vitamina D de 400 UI pelo menos uma vez por semana durante 4 anos foi associado à piora significativamente menor da cartilagem, menisco e anormalidades da medula óssea (intervalo de odds ratio 0,40-0,56).

Conclusão:

A suplementação de vitamina D durante 4 anos foi associada a uma progressão significativamente menor de anormalidades na articulação do joelho.

Formulário

Formulações Eficazes para as Articulações

Redução da Progressão de Anormalidades na Articulação dos Joelhos

Cápsulas de Vitamina D
Vitamina D400 UI
Excipiente qsp1 Cápsula

Administrar 1 cápsula de 1 a 6 dias por semana ou conforme orientação médica.

Melhora da Habilidade Funcional das Articulações

Cápsulas de Insaponificáveis
Óleos Insaponificáveis de abacate e de soja300 mg*
Excipiente qsp1 Cápsula

Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.

De acordo com os resultados de um estudo, os óleos insaponificáveis de abacate promoveram uma significativa melhora da habilidade funcional entre a última visita e a linha base como evidenciado pela redução da média do Índice de Lequesne de 8 para 4 pontos (p<0,001). Houve alta aderência dos pacientes ao tratamento e apenas 13% destes descontinuaram a terapia.

Condroitina Não-Animal é Eficaz na OA de Joelhos em Pacientes com Sobrepeso

Cápsulas de Condroitina
CondroBio600 mg
Excipiente qsp1 Cápsula

Administrar 1 cápsula ao dia ou conforme orientação médica.

Formulário

Outras Opções para Pacientes com Osteoartrite de Joelhos

Associação Anti-inflamatória na Osteoartrite de Joelho

Associação Anti-Inflamatória
N-acetil-D-glucosamina500 mg
Extrato de Gengibre250 mg
Boswellia serrata180 mg
Excipiente qsp1 Cápsula

Administrar 3 cápsulas ao dia durante a primeira semana, depois administrar 2 cápsulas ao dia ou conforme orientação médica/nutricional.

De acordo com os resultados de um estudo, após 1, 3 e 6 meses de suplementação com N-acetil-D-glucosamina, gengibre e Boswellia serrata em pacientes com osteoartrite de joelho moderada, os pacientes apresentaram melhora significativa dos parâmetros funcionais e distância percorrida livre de dor. Além disso, todos os sinais e sintomas da doença avaliados pelo WOMAC tenderam a regredir após a suplementação (BOLOGNESI; BELCARO; FERAGALLI; CORNELLI et al., 2016).

Redução dos Sintomas, Dor e Consumo de Analgésicos na Osteoartrite Primária de Joelhos

Cápsulas de Momordica charantia
Momordica charantia500 mg
Excipiente qsp1 Cápsula

Administrar 3 cápsulas 3 vezes ao dia (após as refeições) ou conforme orientação médica.

Referências Bibliográficas

BOLOGNESI, G.; BELCARO, G.; FERAGALLI, B.; CORNELLI, U. et al. Movardol(R) (N-acetylglucosamine, Boswellia serrata, ginger) supplementation in the management of knee osteoarthritis: preliminary results from a 6-month registry study. Eur Rev Med Pharmacol Sci, 20, n. 24, p. 5198-5204, Dec 2016.

JOSEPH, G. B.; MCCULLOCH, C. E.; NEVITT, M. C.; NEUMANN, J. et al. Associations Between Vitamins C and D Intake and Cartilage Composition and Knee Joint Morphology Over 4 Years: Data From the Osteoarthritis Initiative. Arthritis Care Res (Hoboken), 72, n. 9, p. 1239-1247, Sep 2020.

RONDANELLI, M.; BRASCHI, V.; GASPARRI, C.; NICHETTI, M. et al. Effectiveness of Non-Animal Chondroitin Sulfate Supplementation in the Treatment of Moderate Knee Osteoarthritis in a Group of Overweight Subjects: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Pilot Study. Nutrients, 11, n. 9, Aug 29 2019.

SHEP, D.; KHANWELKAR, C.; GADE, P.; KARAD, S. Efficacy and safety of combination of curcuminoid complex and diclofenac versus diclofenac in knee osteoarthritis: A randomized trial. Medicine, 99, n. 16, 2020.

SOO MAY, L.; SANIP, Z.; AHMED SHOKRI, A.; ABDUL KADIR, A. et al. The effects of Momordica charantia (bitter melon) supplementation in patients with primary knee osteoarthritis: A single-blinded, randomized controlled trial. Complement Ther Clin Pract, 32, p. 181-186, Aug 2018.

TU, L.; ZHENG, S.; CICUTTINI, F.; JIN, X. et al. Effects of vitamin D supplementation on disabling foot pain in patients with symptomatic knee osteoarthritis. Arthritis Care & Research, n/a, n. n/a, 2020/07/05 2020.