Entre todas as formas de artrite, a osteoartrite é a doença osteoarticular mais comum na população, com prevalência estimada de 5 a 10%, sendo as mulheres mais afetadas do que os homens

Gengibre – Opção Natural para Modulação da Inflamação na Osteoartrite

Uma das mais populares espécies vegetais empregadas para tratamento de condições inflamatórias, modulando os níveis de citocinas.

Seu mecanismo de ação ainda não está completamente elucidado, no entanto:

  • Parece inibir a expressão de fatores inflamatórios, tais como TNF-alfa, IL-1β e ciclo-oxigenase

Estudos Comprovam Suplementação com Gengibre Reduz a Inflamação na Osteoartrite

  • Reduz os Níveis de TNF-α e IL-1β

Mozaffari-Khosraviet al. (2016) conduziram um estudo para avaliar os efeitos da administração do extrato de gengibre e sua capacidade de reduzir a inflamação em pacientes idosos com osteoartrite

  • Reduz os Níveis Séricos de PCR e de NO

Em um estudo clínico, 120 pacientes com osteoaritrite moderadamente dolorosa foram divididos em 2 grupos para receber por 3 meses:

Suplementações para Modulação da Inflamação em Pacientes com Osteoartrite

Extrato de Gengibre – Ação Anti-inflamatória Comprovada na Osteoartrite

Modulação de Marcadores Inflamatórios e Redução da Dor na Osteoartrite de Joelho

Dupla Ação – Anti-inflamatória e Condroprotetora

  • De acordo com um estudo clínico, a associação de metilsulfonilmetano e ácido boswellico promove melhora da dor, da função articular e reduz a necessidade de anti-inflamatórios em pacientes com osteoartrite, apresentando eficácia superior à glucosamina (Notarnicola et al., 2016).

Formulário

Outros Tratamentos Disponíveis

 Altas Doses de Vitamina D – Efeito Potencializado na Redução da Dor

 

As dores musculoesqueléticas representam um grupo diverso de desordens, abrangendo um amplo espectro de condições, incluindo as degenerações relacionadas com o envelhecimento, como a osteoatrite.

  • De acordo com um estudo clínico, a adição de 4.000 UI/dia de vitamina D à terapia analgésica em pacientes com dor musculoesquelética crônica promoveu redução mais estatisticamente significativa na escala VAS em comparação à administração de placebo, reduzindo a necessidade de terapia de resgate (Gendelmanet al., 2015).

Redução do Escore da Dor e Melhora da Função Física

  • Foi demonstrado que a administração de curcumina 1500 mg/dia, divididos em 3 doses, por 6 semanas, promoveu redução dos escores de dor e melhora da função física na osteoartrite, sendo um tratamento eficaz e seguro (Panahiet al., 2014)