HPV: prevenção, vacinação e cuidados

 

Você sabe o que é HPV? É um vírus transmitido sexualmente, que atinge os brasileiros e as brasileiras de forma exacerbada. Ele é a abreviatura de papilomavírus humano, e contêm diversos subtipos que se manifestam de forma diferente no corpo das pessoas atingidas. O que o coloca em evidência e faz com que o Brasil tome atitudes de prevenção, são as consequências drásticas que ele pode desencadear, visto que algumas lesões podem se desenvolver até se tornar um câncer de colo de útero, ânus ou garganta.

A OMS estima que 290 milhões de mulheres em todo o mundo são portadoras do vírus HPV, sendo que 32% possuem os tipos oncogênicos, HPV-16 e HPV-18. Já os tipos de baixo risco, HPV-6 e HPV-11 são os mais comuns e causam, sobretudo, verrugas genitais. No entanto, algumas pessoas podem ter o vírus e nunca descobrirem por não apresentarem nenhuma manifestação visível.

Como uma pessoa pode saber se é portadora do vírus?
É importante sempre passar por um acompanhamento médico regular (mulheres com ginecologista e homens com urologista). O vírus é facilmente detectado em exames de rotina, como o teste de captura híbrida. No caso das mulheres, além de identificar a doença, pode-se descobrir qual o tipo. A partir daí, é importante tratar e retirar as lesões, a fim de que o HPV não evolua.

Como se prevenir?
Além do uso de preservativo, outra forma de se proteger é tomar a vacina. Existem 2 tipos: a bivalente (combate os tipos 6 e 11) e a quadrivalente (combate os tipos 6, 11, 16 e 18). Em 2017 o Brasil expandiu sua campanha de vacinação gratuita. A partir de março, o público-alvo da vacina HPV passou a incluir também meninas de 14 anos. Quando começou a ser oferecida, em 2014, apenas meninas de 9 aos 13 anos eram vacinadas. Além disso, agora os meninos de 12 a 13 anos também devem receber as doses. Para completar, ela ainda é será oferecida para homens vivendo com HIV e aids entre 9 e 26 anos de idade, e para pessoas com baixa imunidade, como transplantados e pacientes oncológicos.
Como é o esquema vacinal? Olhe a tabela abaixo para entender: